Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

200 ANOS DE TURGUÊNIEV - V SEMINÁRIO DE PESQUISA DISCENTE

Imagem do Banner: 

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LITERATURA E CULTURA RUSSA – FFLCH/USP

 

200 Anos de Turguêniev - V Seminário de Pesquisa Discente

 

 PROGRAMAÇÃO

 

200 ANOS DE TURGUÊNIEV

 

07 de Novembro

9H30 Mediação: Fatima Bianchi

Rubens Figueiredo – Reflexões de um tradutor de Turguêniev

João Armando Nicotti – Turguêniev e o leitor contemporâneo

Carlos NovaesNotas de um caçador: uma laçada entre Púchkin e Lênin

Samuel Titan Jr. – Turguêniev e Flaubert

 

14 H - Mediação: Elena Vassina

Fatima Bianchi – O herói “supérfluo” de Turguêniev: seu papel histórico

Renata Esteves – Turguêniev e sua prosa de estreia

Bruno Gomide – Turguêniev: leituras brasileiras

 

15H30 - Coordenação: Bruno Gomide

Jéssica de Souza Farjado – Elementos autobiográficos na novela Punin e Baburin, de Turguêniev

Samuel J. Antoniasse – A infância do homem supérfluo em Turguêniev

Simone Pricoli – Um olhar sobre Turgueinev através de Um mês no Campo

 

18 H - Homenagem a Aurora Fornoni Bernardini
Lançamento de seu livro Aulas de literatura russa: de Púchkin a Gorenstein (Kalinka)

Participação de Arlete Cavaliere, Marcelo Tápia, Daniela Mountian e Valteir Vaz.

Local: Casa das Rosas (Av. Paulista, 37)

 

 

V SEMINÁRIO DE PESQUISA DISCENTE

 

08 de Novembro

9H30 Mediação: Mário Ramos

Conferência: Aurora F. Bernardini –  A obra de Turguêniev e a intelligentsia russa

 

10H30 Cultura russa: passado, projeções e relações

Coordenação: Mário Ramos

Henrique Canary – Para uma análise da nostalgia soviética: a evolução do conceito de nostalgia do séc. 17 ao 19

Lucas Simone – Recontar o tempo: apresentação, contexto e tradução crítica da Narrativa dos anos passados

Ana Maria Hoshikawa – O papel social da arte e seu lugar no New Deal e na URSS 

Flávia Cristina Silva – A figura do estrangeiro russo em Lima Barreto

 

14 H - Dostoiévski e a literatura de transição do século XIX

Coordenação: Noé Policarpo

Ednilson Pedroso – A representação do “homem supérfluo” em Os Demônios, de Dostoiévski

Daniel Franção Stanchi – O Amor como revelação da condição humana no romance O Idiota, de Dostoiévski

Rodrigo Alves Nascimento – Simultaneidade de temporalidades, atualização e presença no drama tchekhoviano

Cássia Marconi – Ecos tchekhovianos: “o nosso arbusto é a Rússia inteira”

Daniela Terehoff – A obra de Leonid Andreev no contexto da Primeira Guerra Mundial

 

16 H - Vanguarda e literatura russa soviética

Coordenação: Daniela Mountian

Letícia Mei – O poema longo maiakovskiano: construção de um sistema

Diana Soares – Vassíli Chukchin e sua produção como contista

Fernanda Petrachin – O Norte em Nebesnye verbliujata de Elena Guro

Luiza Brandino – Liudmila Petruchévskaia: aproximações tradutórias a partir de sua dramaturgia

 

 

Local: Prédio de Ciências Sociais – FFLCH/USP Auditório 24

 

 

Apoio:

DLO - FFLCH – USP

LERUSS

RUS

USP

Editora 34